Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Intelbras amplia portfólio de radiocomunicação para ambientes críticos

O mercado de radiocomunicação está cada vez mais tecnológico, e a linha da equipamentos da Intelbras foi projeta para atender ambientes de missão crítica.

Loading

A Intelbras está lançando  no mercado três produtos desse segmento de radiocomunicação, proporcionando uma comunicação efetiva para longas distâncias em diversos cenários, que vão desde indústrias, aeroportos, agronegócio e mineração logística e operadores de tratores. Além de um rádio portátil de alta performance e um modelo direcionado para veículos, a companhia também vai oferecer um novo repetidor de sinal, que amplia as comunicações transmitidas de forma digital ou analógica.

O mercado de radiocomunicação está em constante evolução, se tornando cada vez mais tecnológico. Entretanto, o conceito simples de “aperte e fale” ainda é sua maior sofisticação. Por isso, a Intelbras segue buscando incorporar o seu DNA de inovação nos produtos e oferecer soluções completas que agregam tecnologia de ponta e os conceitos mais avançados em relação aos radiocomunicadores. Outra característica presente nas soluções de comunicação da companhia é a construção robusta, que garante durabilidade, confiabilidade e segurança.

“Com a ampliação no portfólio de soluções de comunicação da Intelbras, nosso objetivo é oferecer ainda mais opções para os nossos clientes, explorando a possibilidade de diferentes segmentos de mercado onde se comunicar é um fator essencial para a excelência das operações. Buscamos criar produtos robustos, que agregam mais tecnologia e oferecem confiabilidade para os usuários, a fim de apoiá-los oferecendo máxima segurança em relação às informações comunicadas por meio dos rádios”, afirma Leonardo Rey, analista de produtos e negócios da Intelbras.

 

Rádios Portáteis e Móveis de alta performance

A primeira novidade é o lançamento do rádio portátil RPD 8, capaz de operar de forma analógica ou digital, proporcionando a conversação de pessoas que estão há até 2 km de distância, mas podendo chegar até 20 km de enlace em condições ideais, considerando cenários com visada direta.

O modelo possibilita aplicações em pequenos e médios cenários onde há a necessidade de proporcionar uma comunicação independente (sem operadoras de telefonia) e rápida, por meio de um botão push-to-talk, ou pressione para falar. Entre os principais cenários que utilizam a solução, estão empresas como hotéis e pousadas, propriedades rurais, restaurantes e comunicação entre veículos.

O segundo novo produto que integra o portfólio da Intelbras é o modelo de rádio móvel RM 8 da marca, que traz conectividade, elevando as operações nas comunicações de longa distância com mais qualidade. Por ser um rádio direcionado para aplicação dentro de veículos, ele pode ser usado por profissionais que operam tratores, dirigem caminhões, veículos de entrega, entre outros. Com um microfone de mão preciso, o aparelho possui uma construção resistente, leve, além deter funcionalidades intuitivas que facilitam o uso, como anúncio do canal em português, display invertido para fácil leitura e 48 canais para organizar suas comunicações.

“Os rádios profissionais oferecem a praticidade de apertar um botão e se comunicar diretamente com uma outra pessoa ou grupo. Entretanto, nossos produtos vão além, agregando, por exemplo, teclas configuráveis que podem ser direcionadas para atividades ou comunicações especificas, regras de chamadas prioritárias, escuta remota, chamadas de emergência e função de monitoramento que permite ao usuário acompanhar a comunicação em duas frequências. Além disso, no caso dos rádios portáteis, eles possuem recarga rápida, proteção IP54 e certificação militar”, completa Rey.

 

Repetidora amplia alcance da  radiocomunicação

Um dos maiores desafios em relação aos radiocomunicadores é garantir que não haja áreas de sombra ou oscilações de sinal durante uma conversa. Pensando em aprimorar ainda mais a experiência dos usuários, a companhia também lançou a repetidora de sinal REP 25 que amplia o alcance das comunicações digitais e analógicas em até um raio de 25 quilômetros.

Com o novo produto, é possível aumentar a cobertura da comunicação entre rádios em qualquer situação, funcionando de forma semelhante aos repetidores de sinal Wi-Fi. Entre as principais aplicações da repetidora, estão cenários como hotéis, prédios comerciais, supermercados e parques industriais, por exemplo. Com ela, é possível não apenas expandir a área de alcance do sinal, mas também garantir que ele seja potencializado para prevenir áreas de sombra e ultrapassar obstáculos físicos.

Os rádios profissionais passam por um rigoroso controle de qualidade, além de ter um suporte reconhecido nacionalmente. Os equipamentos são homologados na Anatel, respeitando a segurança do usuário, além de incorporar componentes que garantem boa sensibilidade e seletividade de sinal, características essenciais para oferecer uma solução de qualidade.

Além disso, as soluções de comunicação digital presentes nessa linha, possuem níveis de segurança maiores que a comunicação analógica tradicional, onde em rádios analógicos os canais são abertos para todos, trazendo pouca privacidade. Já em rádios profissionais digitais, é possível ter conversas privadas e criptografadas, protegendo a rotina de um condomínio, por exemplo.

 

Cobertura de Comunicação

A cobertura de comunicação em uma rede de rádios profissionais depende de diversos fatores, sendo principalmente influenciada pelo cenário em que é aplicada. Para otimizar a eficiência, os rádios oferecem versões VHF e UHF, cada uma com características de propagação de ondas distintas, adaptadas para atender às necessidades específicas de cada cenário de radiocomunicação.

 

“Portanto, podemos afirmar que não é possível calcular uma distância de cobertura exata, pois vários fatores podem interferir no desempenho dos rádios. Mas, em média, os rádios portáteis podem alcançar até 5 km em comunicação ponto a ponto, enquanto os rádios móveis têm um alcance de até 15 km. As estações repetidoras desempenham um papel fundamental na extensão da comunicação, podendo cobrir distâncias de até 25 km”, complementa Rey.

Por serem soluções escaláveis, é possível compor o cenário de aplicação com repetidores de sinal, onde é possível interligá-las e ampliar o raio de comunicação, mesmo em distâncias continentais, por meio de conexão IP.

 

Novidades de radiocomunicação em 2024

Os rádios PoC (push-to-talk over cellular) representam uma tecnologia recente e complementar de radiocomunicação aos modelos profissionais já existentes, e a distinção principal entre essas soluções está na infraestrutura de comunicação. Enquanto os rádios profissionais e os radiocomunicadores estabelecem redes próprias baseadas em frequências VHF ou UHF, os rádios PoC utilizam a infraestrutura da operadora ou redes Wi-Fi, passando por um servidor em nuvem.

Em termos práticos, os rádios profissionais são projetados para manter comunicações críticas de forma independente e em um raio específico, enquanto os modelos PoC são mais versáteis, operando em uma escala maior de distâncias, entretanto, dependendo de uma infraestrutura auxiliar para manter a comunicação.

“O novo modelo PoC da Intelbras será lançado no começo de 2024 e vale ressaltar que ele conta com uma ferramenta extremamente eficiente de gestão online, que permite um controle em tempo real dos rádios utilizados, oferecendo funções como GPS, criação online de grupos de comunicação, cerca virtual e outras funções que visam auxiliar diversas operações”, finaliza Rey.

Picture of Eduardo Boni Pontes

Eduardo Boni Pontes

Compartilhe este artigo

Veja também