Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Reconhecimento facial como tecnologia de identificação no Japão

reconO reconhecimento facial como tecnologia de identificação está sendo utilizado no Japão, que trocou os documentos em papel por cartões de identificaçãohecimentofacial-japao-securitybusiness

Loading

O reconhecimento facial como tecnologia de identificação está sendo utilizado no Japão, que trocou os antigos documentos em papel por modelos digitais utilizando cartões de identificação “My Number”.

O dispositivo contém infraestrutura de autenticação facial usando tecnologia SAFR, da Realnetworks. Parte de uma transformação digital maior, os cartões My Number são um novo sistema de identificação digital que vai agilizar e expandir o acesso a serviços governamentais para cidadãos e residentes japoneses.

A solução será implementada em centenas de milhares de hospitais, clínicas e farmácias nos próximos três anos. O leitor de cartão My Number fornece confirmação online que combina os cartões My Number junto com a autenticação de reconhecimento facial fornecida pela SAFR. O integrador de sistemas certificado Nextware desenvolveu a integração do leitor de cartão usando o algoritmo de reconhecimento facial leve e preciso do SAFR, sobretudo em relação a tons de pele, idade e gênero.

“O SAFR permite o reconhecimento facial de alta precisão com pouca variação na precisão da autenticação entre sexo, idade e raça, com base em seu aprendizado profundo de cerca de 10 milhões de imagens. A disponibilidade de um kit de desenvolvimento integrado ao dispositivo permitiu o rápido desenvolvimento do produto”, comenta Takayoshi Toyoda, presidente e CEO da Nextware Co., Ltd.

O lançamento inicial dos cartões My Number fornece acesso ao sistema universal de saúde do Japão e permite que os cidadãos confirmem sua identidade e informações médicas com leitores de cartão especializados e recursos de reconhecimento facial. Os cartões contêm um chip IC que armazena uma foto digital do usuário. O My Number Card Reader lê as informações da foto e autentica o usuário utilizando o reconhecimento facial SAFR, mesmo se o usuário estiver usando uma máscara.

Espera-se que a nova iniciativa reduza significativamente os recursos e custos associados à administração de informações de saúde, aumentando a conveniência e o acesso para todos os cidadãos e residentes. Esse sistema digital também permitirá que os provedores de saúde acessem dados médicos históricos precisos, reduzindo o tempo de tratamento e evitando erros dispendiosos.

“Estamos felizes em anunciar que a tecnologia de reconhecimento facial SAFR foi escolhida para este importante projeto de transformação digital pelo governo japonês. Muitas empresas de reconhecimento facial foram consideradas, mas o excelente desempenho do SAFR, alta velocidade, pequena pegada de tecnologia e foco na privacidade tornaram-no a escolha ideal para esta aplicação”, disse Noriaki Takamura, VP da SAFR na região Ásia Pacífico.

Eduardo Boni

Eduardo Boni

Jornalista e Diretor de Conteúdo do Portal Security Business

Compartilhe este artigo

Veja também